Apesar de tudo planejado com certa antecedência e algumas reuniões de alinhamentos prévio, a realidade nos surpreendeu em Zahlé. Isso nos fez sair do plano A para o B e improvisarmos planos até Z.

QUI_2453QUI_2458

Foi o dia de “tirar nosso verniz”, como diziam no exército, foi o choque com a realidade. Tínhamos que fazer triagem de pacientes que só falavam árabe, na sua maioria tímidos e com uma família numerosa. O problema era que cada membro da família necessitava de um cuidado especifico: dor de dente, pediatria, ortopedia, cardiologia, etc…foi então que percebemos a necessidade de mudança na forma como estávamos encaminhando  as pessoas aos respectivos atendimentos.

thumb_QUI_2448_1024QUI_2426QUI_2436

Os médicos receitavam medicamentos em inglês mas sem, de fato, conhecer as opções disponíveis aqui no Líbano, além disso, dentistas necessitavam de inúmeros materiais para os procedimentos iniciais. Resultado, nossa conta na farmácia foi altíssima logo no 1° dia de missão. Eu, como financeiro da viagem, entrei em pânico e implantamos rapidamente um plano de eficiência total para os demais dias. Com isso, padronizamos as medicações e as categorizamos por grupos de doenças, conseguimos usar as sobras dos americanos e compartilhar as caixas de remédios com mais de um paciente, ou seja, somente o necessário para o tratamento.

QUI_2477QUI_2438

Foi no primeiro dia também que percebemos que “ser um refugiado”, independe de classe social, religião ou cultura. Atendemos muitas pessoas pobres e outras com alto grau de escolaridade, tais como engenheiros, administradores e até um médico refugiado, impedido de voltar ao seu país, apareceu para nos ajudar.

QUI_2551thumb_QUI_2778_1024

Com tudo isso, estávamos esgotados no final do dia, mas felizes com o que Deus havia preparado. Atendemos cerca de 120 pessoas, entre homens, mulheres e crianças.

QUI_2478QUI_2527

7 comentários sobre “1° dia – Plano A,B,C…Z em ação

  1. Queridos Dani e Roque vi atravês do Estevão que vcs estão ai em missão cuidando dos refugiados. Vou orar para que Deus os fortaleça nestes dias…eu me emocionei! Da profissão uma missão!! Que amor!! um beijo Camila Bittencourt (irmã da Mari)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Sem dúvida, Deus foi e continuará sendo glorificado pelo trabalho de toda a equipe com os refugiados!
    Minha oração e desejo é que a boa mão do Senhor continue abençoando e guardando a todos! Que continue dando -lhes Sua graça e sabedoria em todas as situações!

    Elça Martins Clemente

    Curtido por 1 pessoa

  3. A atitude de todos vocês e comovente os olhos encheram de lágrimas , Sabemos das mazelas que muitos vivem mas temos pouco contato com elas geralmente .Nao deve ser nada fácil além do trabalho exaustivo e manter o físico e o emocional sob controle .Oro a Deus para que lhes de forças e que bênçãos recaiam sob todos e os iluminem nesta missão de amor ,fé e compaixão afinal é tudo que precisamos para termos um mundo melhor.Parabens Dr.Roque e Dra Daniela e meu muito obrigada por poder de uma forma ou de outra participar desta experiência !

    Curtido por 1 pessoa

  4. Não consigo deixar de me emocionar ao ver o rosto destas crianças, lindas! E vcs sendo bênçãos pra tantas delas e suas famílias, graças a Deus! Orando por vcs. Bjs.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s